Arquivos do Blog

Homenagem ao Professor Pethö Sandor

Sábado último, dia 28/04/12, prestou-se  uma singela e emocionante homenagem ao Prof. Pethö  Sandor, na PUCSP.
Foi uma grande alegria estar presente a este encontro. Ocasião de rever amigas e amigos, colegas de longa data, que tem em comum não apenas a formação profissional recebida deste grande mestre, mas também uma determinada postura diante da vida e no trato com a Psicologia e sua prática. Esta postura:

  •    considera o ser humano em sua inteireza
  •    tem uma visão integral da saúde que inclui corpo, alma (ou psique) e espírito
  •    tem uma visão holística do estar no mundo que inclui a consciência social e ambiental de forma universal.

O Prof. Sandor nos ensinou a tocar o outro e ser receptivo ao seu toque.
Ele nos ensinou a tocar e ser tocado, tanto no sentido literal da palavra -criador que foi de uma linha de trabalho em psicologia que integra as técnicas de Abordagem Corporal à Psicoterapia de base Junguiana  (C. G. Jung) –  como no sentido mais amplo do termo: viver com a alma, tocando profundamente a alma do outro, e ao mesmo tempo se deixando tocar, sem medo ou resistências indevidas, pelas outras pessoas e pelo mundo à nossa volta

Nesta homenagem, os  antigos alunos de Sandor foram convidados a apresentar em posters o fruto de seus estudos, trabalhos clínicos e intervenções.
Estive presente com 3 posters:
O 1º apresenta uma Monografia sobre o Método da Calatonia

O 2º pôster apresenta o trabalho no Espaço Animarte, trabalho que nos últimos anos, veio se somar à minha atuação como Psicoterapeuta em consultório.


O 3º pôster, trata de uma pesquisa acadêmica realizada pelo Grupo de Pesquisas Khalaó do qual fiz parte.


A apresentação destes posters, foi uma forma de expressar ao mestre a nossa gratidão, na forma de uma pequena retribuição.

 

Se algum visitante deste blog tiver dificuldade em ler os posters, deixe um comentário para que eu possa enviá-lo diretamente para seu email.

 

Anúncios